Estimação dos impactos econômicos potenciais da paralisação do setor de petróleo e gás em Sergipe

Autores

  • Luiz Carlos Santana Ribeiro
  • José Heraldo Figueiredo dos Santos Universidade Federal de Sergipe. Mestre em Economia
  • Vinícius de Almeida Vale PPGDE/UFPR. Professor Adjunto
  • Samia Mercado Alvarenga CEDEPLAR/UFMG. Discente de Doutorado em Economia

DOI:

https://doi.org/10.54766/rberu.v17i4.1019

Palavras-chave:

Petrobras, Extração hipotética, Petróleo e gás, Sergipe

Resumo

Apesar de perspectivas promissoras em relação à exploração das novas reservas de petróleo e gás em Sergipe, o Ministério de Minas e Energia anunciou, em 2019, que a Petrobras fecharia a sua sede no Estado. Nesse contexto, este estudo estima os impactos econômicos que a paralisação do setor de Petróleo e gás provocaria em Sergipe. Para tanto, é utilizado o método de extração hipotética em um modelo inter-regional de insumo-produto para Sergipe e restante do Brasil. Os principais resultados mostram que a paralisação do setor em Sergipe provocaria um impacto negativo total de R$ 4,7 bilhões no Brasil, sendo que R$ 3,7 bilhões (79%) do impacto seria no próprio estado e R$ 1 bilhão (21%) transbordaria para o restante do Brasil. Isso representaria uma redução de 8,7% do valor bruto da produção sergipano. Do ponto de vista setorial, os setores sergipanos com maior redução do nível de atividade, à exceção do próprio setor de Petróleo e gás, seriam Transportes, atividades auxiliares e correio, Serviços às empresas, Comércio e Construção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2024-06-26

Como Citar

RIBEIRO, L. C. S.; JOSÉ HERALDO FIGUEIREDO DOS SANTOS; VINÍCIUS DE ALMEIDA VALE; SAMIA MERCADO ALVARENGA. Estimação dos impactos econômicos potenciais da paralisação do setor de petróleo e gás em Sergipe. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 17, n. 4, 2024. DOI: 10.54766/rberu.v17i4.1019. Disponível em: https://revistaaber.org.br/rberu/article/view/1019. Acesso em: 18 jul. 2024.
Share |