As relações intersetoriais dos recursos hídricos na economia brasileira

Main Article Content

Marco Antonio Montoya
Eduardo Belisário Finamore

Resumo

O artigo avalia as relações intersetoriais que se estabelecem entre os fluxos da água e as atividades econômicas da economia brasileira. Para isso, foi construído um modelo insumo-produto ecológico que incorpora um vetor ambiental de fluxos físicos do uso e do consumo de água em cada setor. Os indicadores de encadeamentos setoriais evidenciaram que o setor eletricidade estimula fortemente o uso de água no país e o setor agropecuário, o maior consumo de água. Verificou-se que pouco mais de um terço da água consumida pelas atividades econômicas do país são exportadas, principalmente por meio da agropecuária de exportação que responde por 88,79% da “água virtual”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
MONTOYA, M. A.; FINAMORE, E. B. As relações intersetoriais dos recursos hídricos na economia brasileira. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 13, n. 4, p. 513-536, 6 out. 2020.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Marco Antonio Montoya, Professor da UPF

Professor, Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis, Universidade de Passo Fundo

Eduardo Belisário Finamore, Universidade de Passo Fundo

Doutorado em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (2001).

Atualmente é professor da Universidade de Passo Fundo.