Desenvolvimento Financeiro Suaviza o Efeito de Choques em Economias Locais?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54766/rberu.v15i3.621

Palavras-chave:

Intermediários financeiros, Volatilidade do crescimento econômico, Choques econômicos locais

Resumo

Esse trabalho tem como objetivo explorar a relação entre o desenvolvimento dos intermediários financeiros e a volatilidade do crescimento econômico dos estados brasileiros, diante de choques reais e monetários. O trabalho realiza uma análise empírica com dados para os Estados brasileiros entre 2004 e 2015, estruturados em um painel dividido em três períodos, que visa calcular o impacto na volatilidade regional em diferentes instantes do tempo. Os resultados obtidos mostram que, diante de choques reais nos Estados, os intermediários financeiros locais atuam de forma a absorver a volatilidade do crescimento econômico. Por outro lado, os impactos estimados do sistema financeiro locais sobre os choques monetários estaduais foram não significativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno de Paula Rocha, Departamento de Economia UFABC

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001) e doutorado em Teoria Econômica pela Universidade de São Paulo (2007). Tem experiência na área de Economia Aplicada, com ênfase em Macroeconomia, Economia Monetária e Bancária e Crédito.

Downloads

Publicado

2022-09-08

Como Citar

DE PAULA ROCHA, B.; SILVA, M. C. da. Desenvolvimento Financeiro Suaviza o Efeito de Choques em Economias Locais?. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 15, n. 3, p. 468–488, 2022. DOI: 10.54766/rberu.v15i3.621. Disponível em: https://revistaaber.org.br/rberu/article/view/621. Acesso em: 6 out. 2022.
Share |