COMPETIÇÃO E PODER DE MERCADO: UMA ANÁLISE DO MERCADO DE REVENDA DE GASOLINA COMUM NO ESTADO DE MINAS GERAIS ENTRE 2002 E 2011

Rosangela Aparecida Soares Fernandes, Sarah Lorena Peixoto, Cristiane Marcia dos Santos

Resumo


O objetivo desse artigo foi avaliar a competição entre os postos revendedores de gasolina comum no Estado de Minas Gerais, no período de janeiro de 2002 a julho de 2011. A análise realizada nesse artigo foi desenvolvida à luz da Teoria da Nova Organização Industrial Empírica (NOIE), especificamente, no modelo proposto por Bresnahan (1982). O modelo foi estimado a partir do Método de Mínimos Quadrados em Dois Estágios. O resultado obtido pela estimação do parâmetro de competição sugeriu que, os postos revendedores de gasolina Comum apresentaram elevada competição, embora a hipótese de concorrência perfeita tenha sido rejeitada. Em razão da magnitude do parâmetro de conduta concluiu-se que os postos não apresentaram comportamento colusivo neste mercado.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN (impresso): 1981-3953

ISSN (eletrônico): 2447-7990


A Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (RBERU) encontra-se em processo de ajuste para atender todos os requisitos da Scielo para indexação.

 

Indexadores & Repositórios:

        

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia