CONVERGÊNCIA DO PIB PER CAPITA NO RIO GRANDE DO SUL: UMA ANÁLISE DE 2001 A 2013

Dieison Lenon Casagrande, Paulo Henrique de Oliveira Hoeckel, Cezar Augusto Pereira dos Santos

Resumo


Este estudo analisa as hipóteses de convergência entre o PIB per capita dos municípios do estado do Rio Grande do Sul, tanto em nível estadual como pela divisão em mesorregiões, no período de 2001 a 2013. Para tanto, utilizou-se a teoria de convergência absoluta e condicional, e a  convergência. Para verificação da convergência, aplicaram-se os métodos tradicionais (OLS) e as técnicas espaciais. Os resultados da hipótese convergência mostram a existência de convergência absoluta e condicional para os municípios do Rio Grande do Sul, tanto pela abordagem tradicional quanto pela espacial, com taxas de convergência variando de 2,64% a 3,48%. Para as mesorregiões, encontram-se evidências para as mesorregiões Noroeste, Nordeste, Centro Oriental, Metropolitana de Porto Alegre e Sudeste. A hipótese de convergência também foi verificada para a análise a nível estadual.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-3953 & 2447-7990


A Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (RBERU) encontra-se em processo de ajuste para atender todos os requisitos da Scielo para indexação.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia