ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DA GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA NOS MUNICÍPIOS DO PARANÁ

Marcos Aurélio Brambilla, Sergio Carlos de Carvalho

Resumo


O objetivo do presente estudo é avaliar a eficiência da gestão do Programa Bolsa Família (PBF) nos municípios do Paraná no ano de 2013. Para isso, os índices de eficiência foram gerados a partir do modelo não paramétrico da Análise Envoltória de Dados, com retornos variáveis à escala, orientado a output. Para relacionar a eficiência com o tamanho do município, foi utilizado o método dos Mínimos Quadrados Ordinários (MQO). Os resultados apontaram que, três dos 399 municípios paranaenses foram eficientes (Apucarana, Mangueirinha e Paranapoema), localizados nas regiões Norte Central, Centro-Sul e Noroeste, respectivamente. O indicador que mais contribui para a gestão do PBF foi o de cobertura de cadastro no Cadastro Único. Além disso, a eficiência da gestão do PBF está inversamente relacionada com o tamanho do município, ou seja, quanto maior a eficiência da gestão do PBF, menor a população do município.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-3953 & 2447-7990


A Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (RBERU) encontra-se em processo de ajuste para atender todos os requisitos da Scielo para indexação.

 

Indexadores & Repositórios:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia