Sharing de bens intermediários, habilidades e prêmio de salário: uma análise multinível aplicada à Zona Franca de Manaus

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54766/rberu.v18i2.958

Palavras-chave:

Aglomerações urbanas, Prêmio de salário, Habilidades

Resumo

O estudo investiga como o sharing de bens intermediários e a composição do mercado de trabalho local, influenciaram os salários nominais de trabalhadores vinculados às firmas instaladas na Zona Franca de Manaus (ZFM) em 2015. A qualificação das ocupações é definida por scores de habilidades envolvendo competência cognitiva, social e motora; enquanto sharing de bens intermediários configuram conexões intersetoriais extraídas da Matriz Insumo-Produto calculada para o estado do Amazonas, ano base 2015. Após o controle das características individuais do trabalhador, estimativas obtidas via modelo multinível revelaram que o prêmio de salário é fortemente determinado pelo matching habilidades-estrutura produtiva local. Além disso, os retornos são mais significativos quando habilidades cognitivas estão sujeitas a um processo interativo envolvendo trocas de bens intermediários no mercado local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Luiz Ferreira e Silva, a:1:{s:5:"pt_BR";s:4:"UFPA";}

André Luiz Ferreira e Silva é Professor Adjunto do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Pará (ICSA/UFPA), onde atua na graduação do curso de Administração (FAAD) e Economia (FACECON), ministrando disciplinas na área de Economia, com ênfase em métodos quantitativos aplicados. Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade da Amazônia (2004), Mestrado (2009) e Doutorado (2017) em Economia pelo Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal do Pará.

Downloads

Publicado

2024-04-27

Como Citar

FERREIRA E SILVA, A. L. Sharing de bens intermediários, habilidades e prêmio de salário: uma análise multinível aplicada à Zona Franca de Manaus. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 18, n. 2, p. 214–236, 2024. DOI: 10.54766/rberu.v18i2.958. Disponível em: https://revistaaber.org.br/rberu/article/view/958. Acesso em: 22 maio. 2024.
Share |