v. 4 n. 2 (2010): REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS REGIONAIS E URBANOS