O IMPACTO DA CONSTRUÇÃO DO COMPLEXO INDUSTRIAL E PORTUÁRIO DE AÇU NO NORTE FLUMINENSE

Gabriela da Costa Belo, Luiz Carlos de Santana Ribeiro, Rodrigo Ferreira Simões

Resumo


O presente artigo possui como objetivo analisar o impacto da construção do Complexo Industrial e Portuário de Açu (CIPA) na dinâmica da rede urbana do Norte Fluminense. Para tal, é feita uma discussão sobre as mudanças econômicas, sociais e administrativas entre 2000 e 2010 baseadas na composição regional. Além disso, é realizado um estudo de caso sobre os impactos econômicos potenciais da construção do CIPA por meio de um modelo inter-regional de insumo-produto para o Rio de Janeiro e para o resto do Brasil, ano base 2008. Os dados sugerem que o Norte Fluminense possui um crescimento acima da média estadual, devido, em parte, à renda derivada do petróleo. Já as simulações indicaram que a construção do Complexo de Açu teria o potencial de causar impactos expressivos na economia fluminense: 10,9% de aumento da produção total e expansão de 16,4% dos empregos totais na economia. Entretanto, os efeitos de vazamento dos investimentos, para diversos setores, foram acima da média para o resto do Brasil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-3953 & 2447-7990


A Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (RBERU) encontra-se em processo de ajuste para atender todos os requisitos da Scielo para indexação.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia