CONDICIONANTES DO EMPREENDEDORISMO NO BRASIL: UMA ANÁLISE REGIONAL

Roque Pinto de Camargo Neto, Márcio Nora Barbosa, Vivian dos Santos Queiroz Orellana, Gabrielito Rauter Menezes

Resumo


O objetivo deste estudo é avaliar as características socioeconômicas e geográficas que determinam o perfil do indivíduo empreendedor das cinco regiões brasileiras. Para isso, utilizou-se a base de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do ano de 2014, e, por fim, estima-se um modelo de probabilidade com distribuição normal probit, cujo objetivo é encontrar relações de condicionamento e probabilidade entre as características individuais e a escolha ocupacional empreendedora. Os resultados demonstraram que a educação exerce papeis opostos sobre a decisão empreendedora, uma vez que o acréscimo de anos de estudo favorece um aumento na probabilidade de um indivíduo se tornar empregador, bem como reduz a probabilidade de o indivíduo ser autônomo. Além disso, a região Norte do Brasil apresenta maior sensibilidade dos acréscimos educacionais sobre a probabilidade dos indivíduos se tornarem empreendedores. Por fim, o estudo contribui para a literatura trazendo uma abordagem quantitativa e uma análise regional para se discutir a escolha da ocupação empreendedora.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-3953 & 2447-7990


A Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (RBERU) encontra-se em processo de ajuste para atender todos os requisitos da Scielo para indexação.

 

Indexadores & Repositórios:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia