MIGRAÇÃO DE RETORNO E MIGRAÇÃO PROGRESSIVA NO BRASIL: EVIDÊNCIAS A PARTIR DO CRITÉRIO DE DATA FIXA DO CENSO DE 2000

Main Article Content

Liédje Bettizaide Oliveira de Siqueira
André Matos Magalhães
Raul da Mota Silveira Neto

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo a analisar, para o caso brasileiro, a migração de retorno e a migração realizada em mais de uma etapa. O trabalho fez uso de um modelo microeconômico baseado em escolhas para identificar quais os indivíduos, de um grupo inicial de partida, apresentaram maiores chances de tornarem um migrante de retorno ou de realizarem um terceiro movimento. Os resultados indicam que os indivíduos com maiores escolaridades apresentam maiores chances de realizarem somente um único movimento de migração ou de serem migrantes progressivos no interregno avaliado. Observou-se ainda que pessoas com nível superior são mais propensas a escolherem um terceiro destino quando a outra opção analisada é voltar para o lugar de origem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
SIQUEIRA, L. B. O. DE; MAGALHÃES, A. M.; SILVEIRA NETO, R. DA M. MIGRAÇÃO DE RETORNO E MIGRAÇÃO PROGRESSIVA NO BRASIL: EVIDÊNCIAS A PARTIR DO CRITÉRIO DE DATA FIXA DO CENSO DE 2000. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 5, n. 1, p. 44-60, 4 ago. 2015.
Seção
Artigos