EMISSÕES DE CO2 E CONSUMO DE ENERGIA NO PARANÁ: UMA ABORDAGEM INSUMO-PRODUTO

Daniela Carla Monteiro, Fernanda Campanha Rejani, Ricardo L. Lopes, Rossana Lott Rodrigues

Resumo


O objetivo geral deste estudo foi verificar as emissões de CO2 e o consumo de energia na economia paranaense a partir da matriz insumo-produto estadual estimada e do Balanço Energético Estadual, ambos de 2006. Os métodos adotados foram o campo de influência, a análise de impacto e o multiplicador e gerador de energia. Os resultados mostraram que, quando expostos a uma melhora tecnológica de 10%, os principais elos da economia do Estado, em termos de impactos nas emissões de CO2, foram dominados pelos setores transporte, armazenagem e correio (41), eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana (38) e outros produtos de minerais não metálicos (23). Seqüencialmente, submetidos a uma redução de 10%, no consumo das fontes de energia, verificou-se que os principais elos são dominados, pelas seguintes fontes de energia: óleo combustível (10), gás liquefeito de petróleo (12) e óleo diesel (9). Quanto ao volume de energia resultante do aumento de uma unidade monetária na demanda final, o setor outros produtos de minerais não metálicos (23), foi o setor que mais se destacou. Por fim, quando foram calculadas as variações do volume de energia gerada pela economia, observou-se que o setor álcool (13), foi o setor que provocou maior geração de energia pelo sistema econômico como um todo, para cada 1.000 tep de energia direta usada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN (impresso): 1981-3953

ISSN (eletrônico): 2447-7990


A Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (RBERU) encontra-se em processo de ajuste para atender todos os requisitos da Scielo para indexação.

 

Indexadores & Repositórios:

        

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia